Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR CHART

17:00 18:59

Atual

NTR Chart

17:00 18:59

Atual

NTR CHART

17:00 18:59

Atual

NTR Chart

17:00 18:59

Background

“À ESPERA DE GODOT”

Escrito por em Março 7, 2021

7 MARÇO 19:00

SALA VIRTUAL TNSJ  ONLINE

DE SAMUEL BECKETT
ENCENAÇÃO GÁBOR TOMPA
REALIZAÇÃO VÍDEO LIVE LUÍS PORTO
Alguém escreveu que À Espera de Godot é uma peça onde “nada acontece, duas vezes”. Há uma árvore que reverdece na passagem do primeiro para o segundo ato. Há as botas de Estragon e o chapéu de Vladimir, dois palhaços-vadios que esperam e esperam. Samuel Beckett deu sólidos contributos para que a peça permanecesse num limbo de ambiguidade. Disse que “Godot” descendia de “godillots”, calão francês para… “botas”. Encenador cosmopolita e multipremiado, diretor artístico do Teatro Húngaro de Cluj, na Roménia, desde 1990, e presidente da União dos Teatros da Europa desde 2018, Gábor Tompa é uma personalidade cuja importância extravasa os palcos. O crítico Georges Banu descreve-o como um “construtor de pessoas e de lugares”, um artista que olha com relutância para o “realismo”, um descendente de Kantor e “irmão” de Josef Nadj. O Teatro Nacional São João convida-o para dirigir esta “tragicomédia em dois atos”, que ele tem visitado com regularidade, como um maestro que recria, com músicos diferentes, uma “estrutura musical de uma assombrosa precisão”. O Centenário termina aqui, com À Espera de Godot. “Talvez devêssemos recomeçar tudo”, pondera Vladimir. “Pode-se começar de onde se quiser”, afirma Estragon.
ENCENAÇÃO
GÁBOR TOMPA
TRADUÇÃO
FRANCISCO LUÍS PARREIRA
CENOGRAFIA E FIGURINOS
ANDREI BOTH
DESENHO DE LUZ
FILIPE PINHEIRO
ASSISTÊNCIA DE ENCENAÇÃO
MANUEL TUR
INTERPRETAÇÃO
JOÃO MELO, MARIA LEITE, MÁRIO SANTOS, RODRIGO SANTOS
REALIZAÇÃO VÍDEO LIVE
LUÍS PORTO
PRODUÇÃO
TEATRO NACIONAL SÃO JOÃO
_

Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Continue lendo