Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR DANCE

02:00 03:59

Atual

NTR Dance

02:00 03:59

Atual

NTR DANCE

02:00 03:59

Atual

NTR Dance

02:00 03:59

Background

EMISSÃO “A RONDA DA NOITE”

Escrito por em Fevereiro 26, 2021

ANTENA 2 – 23H00

 

MARIA TERESA HORTA (Lisboa, 20 de Maio de 1937), poetisa, escritora, jornalista e lutadora pelos direitos das mulheres, e o seu livro “Estranhezas”— pelo qual acaba de ganhar o Prémio Literário Casino da Póvoa 2021 — vão estar logo n’A RONDA DA NOITE, na Antena 2, a partir das 23h.

 

LEITORA
.
Confesso o vício de ler
afago
cada palavra
.
bebo o feitiço das histórias
cada sonho ____ cada asa
por onde a busca se enlaça
.
revolvo-me na ruptura
ou na ternura descalça
onde a caneta sutura
.
Tomo o corpo da leitura
enredo-me no seu abraço
ora vestida ____ ora nua
.
ao longo deste prazer
não há nada que eu não faça
em entrega e em devassa
.
Indo mais longe no ler
encontro o cisne e a rola
na tocaia do prazer
.
Tenho a paixão da aventura
teima na escrita do perigo
e estremeço de prazer ao entreabrir um livro
.
corro as mãos nas suas espáduas
desnudo frases de feltro
afloro as suas pálpebras
.
entrelaço as consoantes
com as vogais e o enredo
diante das fantasias no sobressalto do medo
.
Descubro escusas passagens
pelas cisternas dos livros
ao folhear suas páginas
.
na entrega e no sustido
nas lágrimas e no sorriso
entre o ardil e o tigre
.
ora cumprindo
a harmonia
ora querendo a transgressão
.
Sou uma leitora voraz
tenho um trato com a audácia
e outro com o perdimento
.
entre o sonho e a escrita
existe um espaço sedento
rebeldia e firmamento
.
digo tempo e confissão
das cartas ____ das bibliotecas
das escrituras secretas
.
Corro nas linhas dos textos
tropeçando
de avidez
.
na cama quero as palavras
Enoveladas ____ errantes
com elas sou viajante
.
no rumo da minha
vida
estão os livros e as estantes
.
Gosto de beber o cheiro
do interior da leitura
temperado com canela e as coisas obscuras
.
deleito-me com a poesia
endoideço com o romance
esquivamento das mulheres
.
com a sua escrita de leite
de linho e alquimia
de aço rumorejante
.
Encontro a rima cismada
dobo a palavra a vapor
na teima de quem porfia
.
vou em busca do fulgor
corro atrás da literatura
dos textos e da leitura
.
Sou dependente dos livros
sem eles posso morrer
perco-me de tão perdida se proibida de ler
(“Estranhezas“, Dom Quixote, 2019, p. 29-32)

 

 

 


Opnião dos Leitores

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *



Continue lendo