Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Background

EXPOSIÇÃO "RETRATOS PARA SEMPRE" DE ALFREDO CUNHA PATENTE NA SOCIEDADE PORTUGUESA AUTORES ATÉ SETEMBRO.

Escrito por em Julho 17, 2018

EXPOSIÇÃO RETRATOS PARA SEMPRE
de ALFREDO CUNHA


 
RETRATOS DE ALFREDO CUNHA
A MEMÓRIA QUE FICA PARA SEMPRE
Olha-se para os retratos feitos por Alfredo Cunha ao longo de muitos anos e sentimos o desejo e a tentação de lhes acrescentar as palavras “para sempre”, porque estes rostos sintetizam a excelência do que foram, são ou fizeram. São retratos do nosso tempo e sem tempo, porque se eternizam na nossa memória visual e afectiva.
Estão aqui os políticos que construíram História em momentos de convergência e amplo consenso, mas também nas horas de desencontro e crise. Estão aqui intelectuais e artistas que muito contribuíram para consolidar o pensamento em Portugal. Estão eles e estamos nós, porque os grandes retratos, não só colocam em merecido destaque os melhores de nós, mas também a imensa plateia dos espectadores que, tendo testemunhado factos e épocas, acabaram por ser incontornáveis protagonistas da longa caminhada colectiva.
Alfredo Cunha é um dos maiores fotojornalistas portugueses de sempre, o que só acontece quando quem fotografa tem a sensibilidade, a rapidez, o poder de síntese e o bom gosto que permitem escolher o que não pode ser preterido ou esquecido.
É por isso que olhamos para o capitão Salgueiro Maia fotografado no Terreiro do Paço na manhã de 25 de Abril de 1974, num momento decisivo para o triunfo dos militares amotinados, e percebemos que esta fotografia, por ser indiscutivelmente para sempre, é a celebração visual de uma época que não se repete e cujos grandes rostos e eventos não queremos nem podemos esquecer.
Nada do que foi essencial nestas décadas escapou ao talento de Alfredo Cunha como fotojornalista. Também em África e noutros lugares do mundo, nas muitas dezenas de viagens profissionais que fez, Alfredo Cunha teve a capacidade de registar o que é essencial e que a memória faz questão de preservar e celebrar.
A SPA tem a honra de apoiar esta exposição, associando-se à sua criação e montagem e contribuindo para que estas e outras fotografias passem a fazer parte do valioso e extenso acervo de memória desta instituição. A mostra também homenageia Alfredo Cunha e os seus companheiros de ofício, muitas vezes presentes na vida da cooperativa dos autores portugueses. As fotos aqui apresentadas figurarão num livro que a SPA tem o gosto de apoiar e que, em breve, estará editado, consagrando estas e muitas outras obras fotográficas da carreira do seu autor.
Este evento é um momento alto da vida da SPA em 2018 e assim será  aplaudido por aqueles que muito justamente vêem em fotos como estas uma parcela luminosa da memória que desejamos preservar e celebrar.
Com a exposição “Retratos para Sempre” estamos e ficamos em muito boa companhia, vendo também os álbuns do fotógrafo e congratulando-nos com o facto de ser um de nós, nesta casa que é de autores e para os autores. Estas fotografias são rostos do grande rosto imperecível, em plano de luz e sombra, que nos resume e engrandece, que nos preenche e mobiliza no constante e exaltante encontro/reencontro com a memória vivida do nosso tempo.
 
José Jorge Letria
Presidente da SPA e do Conselho de Administração
 


De Segunda a Sexta-feira das 9h00 às 19h00
Sala-Galeria Carlos Paredes
Exposição patente até Setembro de 2018.
(via: spautores)

Continue lendo