Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Background

GONÇALO SALVADO VENCE PRÉMIO POESIA ÁLVARES AZEVEDO COM "DENUDATA"

Escrito por em Novembro 2, 2020

O prémio é concedido pela União Brasileira de Escritores, com sede no Rio de Janeiro. Este prémio literário é considerado um dos mais importantes do género na língua portuguesa.

O escritor destaca-se como um poeta do amor, do erotismo e do feminino na nova poesia portuguesa.

  • A este respeito, o poeta afirmou que “este prémio constitui uma importante prova de reconhecimento do meu trabalho poético, que muito me honra, sendo quase um símbolo para mim, visto que foi baptizado com o nome de um poeta, autor de alguns dos mais poemas de amor emblemáticos da poesia brasileira, ligados ao Romantismo, movimento com o qual sempre me identifiquei ”.

“Denudata” (RVJ Editores) conta com ilustrações inéditas do escultor Francisco Simões e fotografias de Manuel Magalhães, reconhecido fotógrafo em Portugal. A obra tem prefácio do poeta brasileiro Carlos Nejar, recentemente candidato ao Prêmio Nobel de Literatura, e texto de abertura da crítica de arte e poetisa Maria João Fernandes.

Sobre esta obra o crítico espanhol Tomás Paredes Romero disse que

“Denudata é uma jóia de clareza, versos curtos com um sabor de Ungaretti e aquela sensualidade, filha do homem e próxima da de Eugenio de Andrade. Destilada, requintada, elegante, a poesia de Gonçalo Salvado cresce rapidamente. (…)

Excelente exercício de brilho com os elementos mínimos ”.

Não é a primeira vez que o Sindicato Brasileiro de Escritores concede um prêmio a Gonçalo Salvado. Em 2013, recebeu o Prêmio Sophia de Mello Breyner Andresen por todos os seus trabalhos.

A colecção privada do autor dedicada ao “Cântico dos Cânticos” encontra-se actualmente em exposição na Biblioteca Nacional de Portugal. Reflete a paixão de Gonçalo Salvado por este tema, pilar da sua obra e do lirismo português.

Gonçalo Salvado nasceu em Lisboa em 1967, onde atualmente reside, embora tenha passado toda a sua infância e juventude em Castelo Branco. Licenciado em Filosofia pela Universidade Católica Portuguesa de Lisboa, consolidou-se como um poeta exclusivo do amor, do erotismo e do feminino. Ele publicou quinze livros de poesia e várias antologias temáticas de amor. Atualmente está preparando um novo livro de poesia, “Quando A Luz do Teu Corpo Me Cega”, ilustrado com desenhos inéditos de Álvaro Siza Vieira. Será feita uma versão em Braille desta obra.


Continue lendo