Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Background

SOLISTAS DA METROPOLITANA EM DOSE TRIPLA NO FINAL DA SEMANA

Escrito por em Novembro 6, 2020

Os Solistas da Metropolitana, agrupamentos constituídos por profissionais da OML, voltam a entrar em cena este final de semana, com uma exibição na sexta-feira e mais duas no sábado. Sopros, cordas, piano e violino estão na ementa destes três concertos que integram a Temporada de Música de Câmara da Metropolitana.

A Sala do Arquivo da Câmara Municipal de Lisboa recebe esta sexta-feira, às 13h00, “Dois Continentes”, um programa que convida a uma viagem entre os continentes europeu e americano, e que junta duas obras que fizeram esse percurso. A suíte “Belle-Époque” é a composição mais conhecida de Júlio Medaglia, o compositor brasileiro que estudou na Europa com Boulez e Stockhausen. Antonín Dvořák fez o percurso inverso cem anos antes, quando se mudou de Praga para Nova Iorque. Ouviremos neste concerto uma transcrição para quinteto de sopros do seu “Quarteto de Cordas N.º 12”. 

O programa inclui ainda “Três Peças Breve”s, de J. Ibert, e será interpretado por Nuno Inácio (flauta), Sally Dean (oboé), Nuno Silva (clarinete), Lurdes Carneiro (fagote) e Daniel Canas (trompa).

A entrada é livre. Basta chegar, sentar-se e usufruir da música.

No dia seguinte, os Solistas da Metropolitana atuam às 17h00, no Museu do Oriente, em Lisboa. Na companhia da voz de Ana Paula Russo, o agrupamento persegue neste programa peças musicais que evocam explicitamente as raízes culturais do sudeste europeu.

O grupo, constituído por Jorge Camacho (clarinete), Sérgio Charrinho e João Moreira (trompetes), Ana Paula Russo (soprano), Anzhela Akopyan (violino) e Savka Konjikusic (piano), vai interpretar cinco temas tradicionais dos Balcãs: C. Höhne “Fantasia Eslava”, para trompete e piano
J. Brahms “Canções Ciganas”, Op. 103, para soprano e piano
V. Monti “Czardas”, para violino e piano
J. E. Barat “Chant Slave”, para clarinete e piano
G. Enescu “Légende”

À noite, pelas 21h00, é a vez do violino ser rei na Igreja de Moscavide, com o programa “O Violino Barroco”, interpretado por um trio de excelência da Metropolitan: Ana Pereira (violino), Ana Claudia Serrão (violoncelo) e Flávia Almeida Castro (cravo).

O programa reúne “Sonata para Violino”, em Mi Menor, Op. 5/8, de A. Corelli, “Sonata para Violino”, em Mi Menor, Op. 2/8, de F.M. Veracini, “Passacaglia”, em Sol Menor, das “Sonatas do Rosário”, de H. Ignaz von Biber, “Invenzione”, em Sol Menor, Op. 10/4, de F.A. Bonporti, e ainda “Sonata para Violino”, em Lá Maior, Op. 5/6, de A. Corelli.

A entrada também é livre.


Continue lendo