Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR CALM

19:00 20:59

Atual

NTR Calm

19:00 20:59

Atual

NTR CALM

19:00 20:59

Atual

NTR Calm

19:00 20:59

Background

Dra Maria Máxima Vaz

(Final) Que outras razões haverá, para que a Malaposta seja incluída na lista do nosso Património? Esclarecer este ponto é o que me proponho fazer a seguir.             No dia 8 de Julho de 1987, no Museu Municipal de Loures, instalado na Casa do Adro à Rua Fria, os Presidentes […]

(continuação)     Não transcrevi o alvará na íntegra, porque poderá ser consultado nos anexos. Apenas quis salientar os aspectos que considero importantes para nós : a preocupação com as condições higiénicas, a exigência de aplicar materiais que garantam essas mesmas condições, a garantia da preservação do ambiente, assegurando que a ribeira não seria poluída, […]

(continuação) Os factos  também não confirmam as afirmações que se têm feito sobre a Malaposta de Loures, porque o transporte  era feito de barco pelo rio Tejo até ao Carregado e daqui é que partia a diligência ou mala-posta, que levava o correio e os passageiros até Coimbra. Em 1856 foi inaugurado o caminho de […]

MARIA MÁXIMA VAZ Todo o complexo onde funcionam os serviços da Malaposta, pertenceu a um edifício anterior, construído com outros fins. Aceitando como fidedigna a informação sobre a Malaposta, contida na revista número três do Centro Dramático Intermunicipal Almeida Garrett, editada no ano de 1989, procurei, no Arquivo Municipal de Loures, no Museu das Comunicações […]

MARIA MÁXIMA VAZ. O  CORTEJO  FÚNEBRE  DO REI D. JOÃO I PASSOU POR ODIVELAS. No último artigo que escrevi, falei da morte da Rainha Dona Filipa de Lencastre, informando as circunstâncias  que levaram a que tivesse ocorrido em Odivelas. Embora já tenha escrito, várias vezes, que a Corte veio de Sacavém, nunca me parece demais […]

O  CORTEJO  FÚNEBRE  DO REI D. JOÃO I PASSOU POR ODIVELAS   No último artigo que escrevi, falei da morte da Rainha Dona Filipa de Lencastre, informando as circunstâncias  que levaram a que tivesse ocorrido em Odivelas. Embora já tenha escrito, várias vezes, que a Corte veio de Sacavém, nunca me parece demais insistir nesta […]

MARIA MÁXIMA VAZ “MEMÓRIAS PRESENTEANDO A REALIDADE” ACONTECEU EM ODIVELAS UMA PÁGINA DE HISTÓRIA.   Quando estavam a decorrer os preparativos para a conquista de Ceuta, sobreveiouma forte epidemia que atingiu, sobretudo, as cidades de Lisboa e Porto. D. João I eDona Filipa de Lencastre, deslocaram-se para Sacavém, onde não havia, até ali,notícias de ter […]

ACONTECEU EM ODIVELAS UMA PÁGINA DE HISTÓRIA. Quando estavam a decorrer os preparativos para a conquista de Ceuta, sobreveiouma forte epidemia que atingiu, sobretudo, as cidades de Lisboa e Porto. D. João I eDona Filipa de Lencastre, deslocaram-se para Sacavém, onde não havia, até ali,notícias de ter chegado a peste. Quando neste lugar começaram a […]

  O primeiro proprietário, nosso conhecido, da Quinta de Nossa Senhora do Monte do Carmo, foi D. Gil Vaz Lobo, um dos conjurados que em 1640 restauraram a independência de Portugal e que lutaram pela sua conservação, durante os vinte e oito anos que durou a Guerra da Restauração. Toda a sua vida foi militar, […]

Um proprietário de Odivelas no Séc. XVIII Um título de Nobreza – Conde de Santiago Um cargo na Corte – Aposentador – Mór O Condado de Santiago de Beduído foi criado por D. Afonso VI (carta de 12/11/1667), e foi primeiro Conde D. Lourenço de Sousa de Meneses. O cargo de Aposentador – Mor é […]