Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Background

"THE ART OF SONG VOL. 1 – WHEN BAROQUE MEETS JAZZ" TEATRO SÃO LUIZ

Escrito por em Novembro 6, 2020

Sala Luis Miguel Cintra 7 novembro 19h00

RITA MARIA E FILIPE RAPOSO

Através duma coleção de discos, Rita Maria e Filipe Raposo dão a conhecer uma amostra do vasto universo musical que os inspira, explorando um repertório eclético e inusitado de compositores eruditos e populares, de diferentes gerações e origens.
Neste primeiro volume The Art of Song [When Baroque meets Jazz] exploram o universo formal do extenso período barroco associando-o à liberdade estilística da improvisação e do Jazz.

Como a exaltação de uma antiga sombra, o bafo de uma antemanhã de renovo e nostalgia acentuará o paradoxo da construção do ser.” (…) “É então que se impõe a tarefa de unificação das formas e a circulação viva dos contrários, de
tal modo que o interior da construção adquira a lenta espessura da temporalidade e a límpida vivacidade de cada instante.
(António Ramos Rosa em O Aprendiz Secreto)

O projeto The Art of Song nasceu da vontade de Rita Maria e Filipe Raposo darem a conhecer uma amostra do vasto universo musical que os inspira: composições da música tradicional ibérico-portuguesa, dos standards norte-americanos às árias barrocas, da influência da música de cinema até às suas composições originais. Através de uma coleção de discos, exploram um repertório eclético e inusitado de compositores eruditos e populares, de diferentes gerações e origens. “Neste primeiro volume The Art of Song [When Baroque meets Jazz] exploramos o universo musical formal do extenso período barroco associando-o à liberdade estilística da improvisação e do Jazz. Coabitam num território próprio as influências musicais que nos moldaram artisticamente – a música erudita, o jazz e o cancioneiro tradicional – são aliás premissas para este disco e aparecem espelhadas nas composições que escrevemos. Inúmeras são as ressonâncias entre os dois géneros, no entanto algo se destaca: as suas melodias tecidas por um ADN intemporal que guardamos e transportamos secretamente na nossa memória afetiva”, escrevem Rita Maria e Filipe Raposo.

Face ao anúncio das atuais medidas de combate à pandemia de COVID-19, decidimos antecipar o horário da apresentação de espetáculos, de forma a permitir que o público possa cumprir o seu dever cívico de recolhimento. Manteremos os Teatros e Salas de espetáculos abertos, garantindo a oferta cultural e seguindo todas as regras de segurança de público e de todos os profissionais envolvidos.


Continue lendo