Faixa Atual

Título

Artista

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Atual

NTR BY MORNING

08:00 10:59

Atual

NTR by Morning

08:00 10:59

Background

A CAÇADA DOS COBARDES À BEIRA DO NATAL

Escrito por em Dezembro 25, 2020

 

A notícia surgiu e fiquei de boca aberta. Numa herdade perto de Lisboa
(ao que parece, a maior herdade murada da Península Ibérica), ali para a
Azambuja, em Alcoentre, foi organizada uma caçada. Até aqui, tudo bem.
A caça é uma atividade milenar e está, atualmente, regulamentada.
Percebemos que cada um dos destemidos caçadores (foram dezasseis)
pagou uns milhares de euros para poder participar. Vieram todos de
Espanha. Sabia-se que havia javalis e veados (pelo menos estas duas
espécies) para caçar à vontade.
Os animais encontravam-se encurralados e, portanto, eram presa fácil.
Fotos chocantes surgiram mostrando, em macabra exposição, os corpos
alinhados de quinhentos e quarenta javalis e veados. Foram também
publicadas fotos de gente sorrindo, com manifesto garbo, pela façanha
conseguida. Havia crianças à mistura. Aliás, não poderia haver mais
bonito, educativo e natalício espetáculo para uma criança formar
convenientemente a sua personalidade. Certos jornais noticiaram que
algumas das crianças foram pintadas no rosto com o sangue dos animais.
Talvez um ritual de iniciação em boas práticas. Quem sabe?
Pelos vistos, ninguém é responsável. Os administradores da herdade até já
emitiram comovente comunicado em que se manifestaram chocados com
o sucedido. Por acaso (de certeza que foi por acaso…) está em vias de
começar a ser construído um empreendimento nos terrenos daquela
herdade. E até já um ministro do governo da república veio dizer que
“embora tivesse sido um ato repugnante e criminoso, não se podia
estabelecer nenhum elo de ligação entre a limpeza de animais de grande
porte e o tal empreendimento…

Pois bem, eu concluí, para os meus botões: “Que linda forma de
comemorar o Natal 2020. As crianças e/ou adolescentes presentes devem
ter adorado. Terá sido, para todos eles, um Natal diferente”.


Falando claro: para mim, foi um crime ambiental. Um crime contra a
biodiversidade. Uma crueldade que deveria mandar parar à justiça quem
concebeu a ideia, quem a permitiu realizar e quem nela participou. Aliás,
estou certo de que se o assunto for esmiuçado virão ao de cima
responsabilidades inimagináveis…e surpreendentes. Esta caçada bem
pode ficar com o epíteto de “caçada dos cobardes”.


Peço desculpa por vos desejar Festas Felizes com a descrição de quadro
tão soturno. Mas sempre estive do lado dos que mais sofrem. E os animais
também sofrem. Ainda há poucas semanas foi confirmado (e quem o não
sabia?) que os animais são seres sencientes. Pois é: sentem e sofrem
porque têm autoconsciência…


Continue lendo